Fechar [x]

RI estratégico nas mudanças empresariais

Mudanças geradas por M&As relevantes, investimentos vultosos e reposicionamento empresarial impactam diretamente as atividades dos profissionais de Relações com Investidores e geram oportunidades para uma atuação ainda mais estratégica, alimentando a alta administração com a percepção e expectativas do mercado.

Case Natura &Co
M&As – Aesop, The Body Shop e AVON

A Natura, uma das empresas mais premiadas e reconhecidas do mercado de capitais brasileiro com destacada atuação no setor de beleza, vem realizando uma série de operações de M&A:
– em 2013 adquiriu participação majoritária na empresa australiana Aesop, que detém mais de 160 lojas;
– em 2016 a operação foi finalizada com a aquisição de 100%;
– em junho de 2017 anunciou a aquisição da The Body Shop, o que permitiu uma aceleração da atuação internacional da Companhia, com a adição de mais de 3000 lojas;
– em maio de 2019, com a aquisição da Avon, a empresa torna-se a quarta maior empresa do mundo no setor.

Case Klabin
Projeto Puma II

A Klabin, uma empresa centenária com destacada atuação no mercado brasileiro, anunciou em Abril de 2019 o projeto Puma II, um plano de investimento de R$ 9,1 bilhões que representa mais de 6 vezes o EBTIDA anual de 2018 e permitirá que a Companhia tenha uma atuação ainda mais destacada na produção de embalagens, o projeto também é balizado em fortes pilares ambientais para atender a demanda de investidores que integram os aspectos ESG em suas análises.

Para debater os casos acima, abordando o ambiente de mudança, a atuação e o papel da área de relações com investidores, o painel RI estratégico nas mudanças empresariais a ser realizado em 26/06/2019 contará com a moderação de Daniela Bretthauer, profissional com destacada atuação como Sell Side e RI e com a participação do José Antonio de Almeida Filippo, Diretor Financeiro e de RI da Natura e de Marcos Maciel, Gerente de Relações com Investidores da Klabin.